Intercambiadores de calor-Português

Permutadores de calor

Permutadores de calor

As nossas soluções em transferência de calor incluem o desenho e a fabricação de permutadores de calor para qualquer aplicação e material, tanto standard como muito corrosivas.

  • Permutadores de calor de placas
  • Permutadores de calor de grafite
  • Permutadores de calor de materiais especiais
São os permutadores mais eficientes do mercado. A ondulação das suas placas, a turbulência que provoca nos fluidos, a circulação em pura contra-corrente fazem com que o seu coeficiente global de transferência de calor seja pelo menos 3 vezes superior aos permutadores tubulares convencionais:
  • Permutadores de calor de placas com juntas: A vedação mediante juntas permite a sua abertura total para limpeza, modificação do número de placas ou fácil reparação. Para as aplicações com fluidos não agressivos aos elastómeros e para temperaturas até 200ºC prestam um serviço exemplar.
  • Permutadores de calor de placas soldadas: Quando as temperaturas ou a agressividade dos fluidos não permitem o uso de juntas, necessitamos permutadores soldados. Há uma grande variedade de equipamentos soldados e, dependendo da aplicação, podem-se escolher entre os seguintes:
    • ALFANOVA: Permutador de placas soldadas por termofusão. Totalmente fabricados em aço inoxidável. Muito compactos e de fabricação standard. Os prazos de entrega de algumas unidades são tão só de uma semana ao tê-los em stock nos armazéns centrais. Ideais para aplicações com caudais não muito altos e com diferenças de temperaturas menores a 100ºC entre as entradas.
    • COMPABLOC: Permutadores de placas totalmente soldados, mas que permitem a sua abertura para limpeza, inspeção, reparação, etc. Fabricam-se em diversos materiais tais como: AISI316, Titânio, Alloy C276, C2000, etc. A sua configuração fá-los idóneos para aplicações de recuperação energética mas também para serviços de condensação e evaporação.
    • ESPIRAL: Permutador de calor com duas variantes de construção. Uma para a aplicação líquido-líquido, onde a sua fabricação monocanal permite um efeito auto-limpante. Isso torna-o ideal para serviços com fluidos sujos. A outra variante de construção é para aplicações gás-líquido em serviços de condensação e de evaporação.

A particularidade destes permutadores é o material em que estão fabricados. A grafite é um material inerte à grande maioria de ácidos. O que permite a sua utilização em permutadores que manuseiam ácido sulfúrico, clorídrico ou fosfórico entre outro. São usados naquelas aplicações onde os metais se corroem:

  • Permutadores de calor de blocos de grafite: A sua construção é modular á base de vários blocos de grafite cúbicos ou cilíndricos montados um ao lado do outro. Este tipo de construção permite a modificação do número de blocos e a substituição parcial de alguns deles.
  • Permutadores de blocos cúbicos: Os permutadores de bloques cúbicos formam-se com um ou mais blocos cúbicos de grafite onde o fluido de processo circula em sentido axial e o fluido de serviço em fluxo cruzado. Não há possibilidade de mistura dos fluidos porque as juntas que vedam o lado de processo e as que vedam o lado de serviço são distintas.

  • Permutadores de blocos cilíndricos: São formados com um ou mais blocos cilíndricos onde o fluido de processo circula no sentido axial e o fluido de serviço em fluxo cruzado. Todos os blocos são montados num corpo metálico cilíndrico que isola o fluido de serviço do exterior. Esta constução torna-os adequados para serviços com vapor ou quando é requerido dotar de uma segunda barreira o fluido de processo.
  • Permutadores de placas de grafite: os fluidos circulam alternativamente ao longo dos canais que formam as placas do permutador. Estes equipamentos são análogos aos permutadores de placas metálicas tradicionais mas o material das placas é grafite em vez de metal. A sua estrutura modular permite muito fácilmente a modificação do número de placas e a abertura para limpeza ou reparação. Além disso, o seu coeficiente de transferência de calor tão alto, minimiza a quantidade de grafite necessária para a sua montagem.
  • Permutadores de calor de carcaça e tubos de grafite: Os tubos são fabricados completamente em grafite. As placas tubulares também. Todo o conjunto está solidamente cimentado e permite a sua expansão e contração em uníssono. A diferença de dilatação com o corpo metálico externo (normalmente metálico) é corregida com o uso de uma cabeça flutuante e molas que absorvem essa diferença de dilatação.

Este tipo de permutadores estão indicados para fluidos especialmente corrosivos. Os principais materiais usados na sua construção são: Carbureto de Silício, Tântalo, Nióbio, Zircónio.

São especialmente utilizados na indústria farmacêutica para processos com HCl. 

As nossas soluções em transferência de calor incluem o desenho e a fabricação de permutadores de calor para qualquer aplicação e material, tanto standard como muito corrosivas.

  • Permutadores de calor de placas
  • Permutadores de calor de grafite
  • Permutadores de calor de materiais especiais

São os permutadores mais eficientes do mercado. A ondulação das suas placas, a turbulência que provoca nos fluidos, a circulação em pura contra-corrente fazem com que o seu coeficiente global de transferência de calor seja pelo menos 3 vezes superior aos permutadores tubulares convencionais:

-Permutadores de calor de placas com juntas: A vedação mediante juntas permite a sua abertura total para limpeza, modificação do número de placas ou fácil reparação. Para as aplicações com fluidos não agressivos aos elastómeros e para temperaturas até 200ºC prestam um serviço exemplar.

-Permutadores de calor de placas soldadas: Quando as temperaturas ou a agressividade dos fluidos não permitem o uso de juntas, necessitamos permutadores soldados. Há uma grande variedade de equipamentos soldados e, dependendo da aplicação, podem-se escolher entre os seguintes:

  • ALFANOVA: Permutador de placas soldadas por termofusão. Totalmente fabricados em aço inoxidável. Muito compactos e de fabricação standard. Os prazos de entrega de algumas unidades são tão só de uma semana ao tê-los em stock nos armazéns centrais. Ideais para aplicações com caudais não muito altos e com diferenças de temperaturas menores a 100ºC entre as entradas.
  • COMPABLOC: Permutadores de placas totalmente soldados, mas que permitem a sua abertura para limpeza, inspeção, reparação, etc. Fabricam-se em diversos materiais tais como: AISI316, Titânio, Alloy C276, C2000, etc. A sua configuração fá-los idóneos para aplicações de recuperação energética mas também para serviços de condensação e evaporação.
  • ESPIRAL: Permutador de calor com duas variantes de construção. Uma para a aplicação líquido-líquido, onde a sua fabricação monocanal permite um efeito auto-limpante. Isso torna-o ideal para serviços com fluidos sujos. A outra variante de construção é para aplicações gás-líquido em serviços de condensação e de evaporação.
  •  

A particularidade destes permutadores é o material em que estão fabricados. A grafite é um material inerte à grande maioria de ácidos. O que permite a sua utilização em permutadores que manuseiam ácido sulfúrico, clorídrico ou fosfórico entre outro. São usados naquelas aplicações onde os metais se corroem:

  • Permutadores de calor de blocos de grafite: A sua construção é modular á base de vários blocos de grafite cúbicos ou cilíndricos montados um ao lado do outro. Este tipo de construção permite a modificação do número de blocos e a substituição parcial de alguns deles.
  • Permutadores de blocos cúbicos: Os permutadores de bloques cúbicos formam-se com um ou mais blocos cúbicos de grafite onde o fluido de processo circula em sentido axial e o fluido de serviço em fluxo cruzado. Não há possibilidade de mistura dos fluidos porque as juntas que vedam o lado de processo e as que vedam o lado de serviço são distintas.

  • Permutadores de blocos cilíndricos: São formados com um ou mais blocos cilíndricos onde o fluido de processo circula no sentido axial e o fluido de serviço em fluxo cruzado. Todos os blocos são montados num corpo metálico cilíndrico que isola o fluido de serviço do exterior. Esta constução torna-os adequados para serviços com vapor ou quando é requerido dotar de uma segunda barreira o fluido de processo.
  • Permutadores de placas de grafite: os fluidos circulam alternativamente ao longo dos canais que formam as placas do permutador. Estes equipamentos são análogos aos permutadores de placas metálicas tradicionais mas o material das placas é grafite em vez de metal. A sua estrutura modular permite muito fácilmente a modificação do número de placas e a abertura para limpeza ou reparação. Além disso, o seu coeficiente de transferência de calor tão alto, minimiza a quantidade de grafite necessária para a sua montagem.
  • Permutadores de calor de carcaça e tubos de grafite: Os tubos são fabricados completamente em grafite. As placas tubulares também. Todo o conjunto está solidamente cimentado e permite a sua expansão e contração em uníssono. A diferença de dilatação com o corpo metálico externo (normalmente metálico) é corregida com o uso de uma cabeça flutuante e molas que absorvem essa diferença de dilatação.

Este tipo de permutadores estão indicados para fluidos especialmente corrosivos. Os principais materiais usados na sua construção são: Carbureto de Silício, Tântalo, Nióbio, Zircónio.

São especialmente utilizados na indústria farmacêutica para processos com HCl. 

¿Estás interesado en algo?

Está interessado em algo?